sexta-feira, 26 de julho de 2013

Fender Modern Player, a Fender "chinesa" que não é falsa !

Olá amigos,

Os que acompanham minhas postagens há algum tempo sabem que o Blog tem especial atenção em esclarecer informações errôneas que circulam na internet, já publiquei posts que tratam de falsificações de marcas famosas e análises sobre instrumentos asiáticos.

Com a globalização, praticamente todos os fabricantes famosos de instrumentos musicais passaram a comercializar linhas de instrumentos produzidos na China. Alguns mantiveram a sua denominação original, criando apenas linhas diferenciadas para estes instrumentos mais baratos, como a PRS, Brian Moore, G&L, Ibanez e outros. Já a Gibson optou por produzir na asia apenas a sua segunda linha (Epiphone), nesse caso, pelo menos até o momento, qualquer "Gibson" chinesa é falsa.

No caso da Fender e aqui estou falando apenas de Fender mesmo e não de Squier, existe uma ligação antiga com o oriente através das linhas Fenders fabricadas no Japão, mas até a alguns anos não existiam Fenders fabricadas na China, Coreia, Indonésia, etc.


Fender Lite Ash

Mas por volta de 2004, a Fender lançou uma linha de guitarras chamadas "Lite Ash", basicamente um modelo Strat e uma Tele com corpo em ash com acabamento natural, braço em maple figurado e com marcações em abalone e captação Seymour Duncan. Esses belos instrumentos eram fabricados na Coreia, conforme muitas informações em fóruns internacionais, eram provenientes da Cortek, a indústria que fabrica as guitarras Cort mas nunca li uma confirmação oficial dessa informação.

Fender Lite Ash




Fender Modern Player

Mais recentemente, a Fender se rendeu e lançou uma linha completa com guitarras e baixos produzida na China chamada "Modern Player". Vamos ver as informações no site da Fender:

https://www.fender.com/series/modern-player/

Temos então uma descrição detalhada dos instrumentos no próprio site oficial da Fender, não há o que se discutir, portanto, quanto a existência dos mesmos, resta apenas analisar se são bons instrumentos e estão a altura da qualidade que podemos esperar de um instrumento com o logo Fender no headstock.

Infelizmente, nós, guitarristas, somos prisioneiros de conceitos equivocados, o que nos leva a delírios como supor que só as coisas antigas são boas, só o made in USA presta, coisa "vintage" (seja lá o que isso signifique !) é que é boa, etc, etc.

O fato é que as guitarras desta série têm o preço de tabela em torno de $600 (US$). Estranhamente, poucas lojas no Brasil estão disponibilizando essa linha, existe um vendedor com boas qualificações no ML que está vendendo o modelo Stratocaster por cerca de R$ 1.600,00. Ora, com essa grana o que podemos comprar de bom ? A melhor escolha seria, no meu entender uma Squier Classic Vibe, que é vendida inclusive um pouco mais cara.

Nesse caso, se a guitarra realmente tiver uma qualidade que seja compatível com as Fenders mexicanas, o custo/benefício estará muito bom, certo ?

Infelizmente não consegui ainda estar com uma Modern Player em mãos para testar mas o nosso querido amigo Mauricio Bahia, feliz e satisfeitíssimo proprietário de uma Modern Player Stratocaster fez fotos de grande qualidade da guitarra, as quais aqui publico com a sua autorização !

Vamos começar a analisar essas fotos:

Nessa primeira sequencia, destaco os trastes médios, os saddles com a inscrição "Fender", a inscrição "Crafted in China" e o serial iniciado com "CGF":



Mais detalhes do headstock com tarraxas vintage e o excelente acabamento do verniz


Notem que a ponte já tem o "big block" !



Finalizando, vamos ver um vídeo com a revier da Strat:




A conclusão é que essa Stratocaster é um instrumento que combina características vintage (tarraxas, ponte) e modernas (braço com 22 casas, trastes e humbucker na ponte). Se formos comparar com a Squier Classic Vibe, parece que as duas têm o mesmo padrão de qualidade, a Classic Vibe já vem com captadores em alnico, os da Modern Player são cerâmicos mas com toda a certeza o nome "Fender" no headstock da Modern Player vai garantir maior valor de revenda da mesma !

Então, pelos menos por enquanto, é o que podemos afirmar é que a guitarra parece excelente, mas isso é apenas uma suposição pelo exame das fotos. Assim que conseguir uma para testar, coloco um review completo da guitarra, abraço a todos !

22 comentários:

  1. Comprei uma a pouco tempo. Estou esperando chegar do correio. Testei na loja antes e só não comprei lá pq já estava sendo vendida por R$2.200,00. Guitarra muito confortável, de ótimo acabamento e ótimo timbre. Mesma qualidade de uma mexicana. Acho que só pra justificar o preço mais baixo eles enfiaram ali captadores próprios e de qualidade inferior aos das mexicanas. Mas o fato é que uma guitarra pra ninguém botar defeito. Colocando captadores top então, vai soar como qualquer Fender Mexico e me arrisco a dizer até como algumas USA. Mas é impressionante o número de pessoas que são preconceituosas com coisas baratas. Gente que nunca tocou no instrumento já está falando mal só por se tratar de uma Fender chinesa e de baixo custo. O fato é que se essa guitarra custasse R$3.000,00 esses preconceituosos já estariam falando bem dela. Ela tem tudo que um instrumento caro possui e por um preço bem baixo. Ou seja, tudo que os sofredores de G.A.S.(cerca de 90% dos guitarristas) odeiam admitir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo 100% ! Como um bom set de captadores em alnico pode ser conseguido a um preço muito barato no eBay ou no site da GFS, isso não é problema. abç e sorte com a guitarra !

      Excluir
    2. Bom dia
      Ate que preço acham justo pagar na Fender Modern Player Stratocaster, estou pensando em comprar uma

      Excluir
    3. é falsa eu tenho uma igual

      Excluir
    4. Comprei uma igualzinha ...Mercado livre ..por 1.300 reais...logotipo na ponte , no necplate , numero de série e tudo...Fender Eric Clapton....Fabricada por luthier em São Paulo.

      Excluir
    5. Até o logotipo nos captadores ...NOISELESS

      Excluir
    6. só o preço, R$ 1.3000 já é prova que é falsa. É não é fabricada por luthier coisa nenhuma, é falsificação chinesa mesmo. Não é o caso da linha Modern Player, que pe é legitima

      Excluir
  2. Show de bola, Mad Guitar Man.
    Boa informação...

    ResponderExcluir
  3. Olá MadGuitarMan. Fiz um review sobre a Modern Player Stratocaster HSS no FCC. A quem possa interessar, gostaria de compartilhar o link:

    http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/308545/

    Abraços!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem legal a review, parabéns pela guitarra !

      Excluir
  4. Essas tarrachas tem trava tbm? ótima guitarra, acho que já sei qual será a minha primeira fender... hehe

    ResponderExcluir
  5. Bom dia MadGuitarMan, só uma pergunta, comprei esta guitarra e logo de cara estranhei bastante o fato do braço ser mais largo (vi que as cordas estão mais distantes) que minha antiga Ibanez GIO, isto procede?
    Sabe me dizer algo sobre a alavanca, pois a minha fica batendo nos knobs dos tones achei ela não muito firme.
    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabéns pela guitarra, a questão do espaçamento pode ser porque o braço é mais largo mesmo, as Fenders costumam variar um pouco a espessura de braço de acordo com o modelo mas as medidas não são assim tão diferentes, aqui tem um post sobre as medidas de uma Fender americana para vc comparar:

      http://inicianteguitarra.blogspot.com.br/2012/11/algumas-medidas-de-uma-fender-americana.html

      A alavanca de strat costuma ficar um pouco bamba mesmo, um truque é colocar umas camadas de fita veda-rosca, aquela branquinha usada em encanamentos, na ponta da alavanca, ela fica mais firme. Quanto ao ângulo, fica difícil opinar sem ver, pode ser que a sua ponte esteja um pouco inclinada, não sei, talvez um Luthier possa ajustá-la ao seu gosto.

      Excluir
    2. Me refiro ao fato da alavanca ficar pegando nos knobs, não consigo girar 360 graus ela bate nos knobs e no cabo, será q deve ser a altura da ponte? No caso se trata de um guitarra nova, com ponte em nivel de descanso..será q tem alavancas mais altas?
      Na foto 11 q vc postou se eu parafuso toda a rosca da minha não faço isso, ela bate no cabo, não passa pra traz..

      Excluir
    3. Nesse caso, se a base da ponte está paralela ao corpo parece que a alavanca está com a angulação incorreta. A maneira de corrigir isso é forçar a alavanca até que o ãngulo fique do jeito que o guitarrista quer, isso não pode ser feito com a alavanca na guitarra, o procedimento correto é furar um bloco de madeira com um orifício do tamanho da alavanca e forçá-la com a mão até o ângulo desejado. Mas cuidado, existe o perigo de quebrar a alavanca, talvez seja melhor pedir a um Luthier para fazer o serviço.

      Excluir
    4. Lembrei de uma coisa, um detalhe é que não se usa parafusar toda a rosca, tente parafusar somente o necessário para que a alavanca fique presa, usa a fita veda rosca para firmá-la, talvez resolva seu problema.

      Excluir
    5. Fala galera beleza?
      Comprei um baixo modern player 5 cordas, o baixo é muito bem feito, tem algumas variedades de timbres bem legais, porém ele é passivo, devo colocar um circuito ativo (aguilar obp3) pra ver no que vai dar já que ele tem sois Cap humbucker.
      Abraços!

      Excluir
  6. Tenho Squier e Ibanez. A Ibanez de modo geral é mais bem acabada, braço fino, cordas próximas ao braço, mais fácil de tocar.

    ResponderExcluir
  7. Violões fender também fabricados na China são verdadeiros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não saberia te responder, nunca vi essa linha

      Excluir