segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Escolhendo uma Guitarra - Madeiras ! (Comprando uma guitarra Parte IV)

Olá ! Se você não acompanhou as partes anteriores desse artigo, os links estão logo aqui:

Parte I
Parte II
Parte III

Também recomendo que você dê uma olhada no nosso Tutorial sobre partes de uma guitarra elétrica, caso tenha alguma dúvida sobre o assunto.

Na última parte, falamos sobre que seria mais importante na escolha de qual guitarra comprar. Isso, partindo do princípio que você já escolheu o modelo. Se ainda tiver em dúvida sobre qual modelo comprar, dê uma estudada no nosso Tutorial: escolhendo meu modelo de guitarra.

Mas você já sabe então qual modelo quer. Nas partes anteriores dos artigos, vimos por que um iniciante não deveria comprar uma guitarra cara ou profissional mas sim uma boa guitarra para a fase de aprendizado, ensaios e pequenos shows. Vimos também uma divisão de "categorias" de guitarras e suas faixas de preço, então nesse ponto, você já sabe mais ou menos o que espera gastar.

Mesmo assim, quando entrar em uma loja (ou escolher pela internet), provavelmente você terá umas quatro ou cinco opções diferentes dentro da faixa de preço que escolheu. Nesse caso, muitas variáveis podem influenciar na escolha, ficaria bem complicado esgotar o assunto, então, listo três coisas que seriam mais importantes:

  • Corpo feito com madeira de verdade e não com compensado e aglomerados.
  • Braço extremamente bem feito e confortável
  • Uma guitarra que não precise de upgrades (troca de peças), pelo menos em um primeiro momento

Vamos então analisar esses pontos nesse e nos próximos posts,, começando pela questão da madeira:

Madeira do corpo: já discutimos os conceitos básicos de madeiramento de guitarras no Tutorial sobre partes de uma guitarra elétrica. Mas em um instrumento para iniciantes, mais barato, não temos como ser muito exigentes quanto a qualidade da madeira. O mais importante é comprar uma guitarra com o corpo realmente feito de madeira "sólida", pois existem instrumentos feitos de compensado e aglomerado. Existem MUITA desinformação sobre essa questão, então vamos saber o que são esses materiais:
  • Compensado: são lâminas finas de madeira coladas, gerando o um material com a aparência de um biscoito "waffle". Em geral, é utilizada madeira de baixa qualidade. Existe muita confusão porque quando um corpo de guitarra é usinado, a ferramenta (tupia) que escava as cavidades o faz em "camadas" e deixa marcas. Aí a garotada compra a guitarra, tira o escudo e raspa a tinta embaixo para ver se comprou gato por lebre, encontra as marcas da ferramenta e pensa que é compensado, e aí já vai para os fóruns difamar o fabricante "buaaáá´, comprei  a marca "X" e descobri que é de compensado !". Hehe, não deixa de ser engraçado, aliás, os iniciantes se preocupam muito mais com madeiras do que os guitarristas profissionais ! Outro mito é que a guitarra de compensado é "leve demais" ou "pesada demais"... Na verdade, não dá para dizer pelo peso se a guitarra é ou não de compensado, já que isso depende de qual madeira foi usada nas lâminas, umidade, etc. E se querem saber, também não dá para dizer pelo som, se a guitarra é de compensado ou não ! Pode ser que algum louco como o Eric Johnson consiga, mas nós mortais não ! E eu já vi guitarras de compensado com o som bem legal !.. Mesmo assim, vamos evitá-las, certo ? Como ? Pesquisando a descrição do produto no lojista ou fabricante, muito provavelmente vamos encontrar a descrição como "laminated", "laminated alder", "laminated mahogany", etc. (obs: o guitarrista Quito, grande conhecedor de strats, me informa que a palavra "plywood" é sinônimo de compensado !). Visualmente, se a guitarra estiver pintada de cor sólida não tem como saber. Se o acabamento for transparente (tipo "sunburst"), só poderíamos saber se olhássemos o "lado" do corpo e não o topo. Mas os fabricantes não são bobos, se usam compensado a guitarra fatalmente será pintada de cor sólida... De qualquer maneira, como expliquei no tutorial, hoje, é mais raro encontrar guitarras com o corpo de compensado, já que quase toda a produção mundial de madeira é comprada pela China, madeira ali, não falta, rs !...
Compensado


Corpo de Strat feito de compensado
  • Aglomerado (Composite, MDF): aqui, o caso é bem pior do que o do compensado. É um material totalmente inadequado para construção de guitarras. Trata-se de sobras de madeira, serragem, pó e madeira triturada que é misturado com cola e resina e depois, prensado entre duas chapas finas de madeira formando uma espécie de "sanduíche". Muito usado em móveis de baixa qualidade. Além da prejudicar a propagação das ondas sonoras e a ressonância, esse material ainda faz com que os parafusos fiquem" bambos", perdendo a rosca. O material é pesadíssimo (há uns anos atrás, a porta de um armário embutido de MDF se soltou e caiu sobre minha filhinha, quase causando uma tragédia). Felizmente, hoje é mais raro encontrar guitarras feito de MDF mas, se encontrar alguma, fuja, vejam que nojo !
MDF


A quem interessa, segue um vídeo público mostrando como o MDF é fabricado:



Muito bem, para completar esse post, falta apenas esclarecer o termo "hardwood", que muita confusão causa.

O que significa Hardwood ?


A tradução mais aceitável seria "madeira sólida" ou "madeira dura". Mas qual ? Aí é que está. Quando colocar "hardwood" nas especificações, o fabricante apenas afirma que a guitarra é feita de madeira verdadeira (e não de compensado ou MDF), MAS NÃO SE COMPROMETE A DIZER QUAL MADEIRA É ! Por quê? Porque assim, ele pode mudar as especificações quando bem entender e usar a madeira que consegue comprar mais em conta na hora de fabricar o lote. Assim, comprando uma guitarra de "hardwood" pode vir qualquer madeira, desde madeiras "boas", como alder ou ash, até madeiras que não são apropriadas para guitarras, mas, pelo menos, sabemos que não é compensado nem MDF. Em geral, apenas guitarras de baixo custo (abaixo de R$ 300,00) vêm com essas especificações.

Conclusões

  • É importante escolher uma guitarra com corpo feito de madeira de verdade, preferencialmente madeiras adequadas para a construção de guitarras como alder, ash, mogno, basswood, nato, agathis, etc (para saber mais, veja o nosso Tutorial). Uma das boas maneiras de se certificar é comprar uma guitarra de acabamento translúcido ou semitransparente (como o sunburst), pois aí, você conseguirá enxergar a madeira. Não se preocupe se o corpo for feito de mais de um pedaço de madeira colado, até as Fenders americanas são feitas assim, desde que a colagem não fique esteticamente feia, está ok, não prejudicará o som da guitarra.
  • Não compre guitarras de compensado ou MDF, atenção para as palavras "laminated", "plywood", "composite" nas especificações.

No próximo post, vamos analisar a questão do braço da guitarra, até lá e abraços !

18 comentários:

  1. Olá amigo, belo post... só pecou por uma coisinha: "plywood" é a mesma coisa que compensado, e não tem nada a ver com MDF. Sugiro que corrija isso.

    No mais, parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ôpa Quito, grato pelo aviso, vou corrigir, engraçado eu tinha na minha cabeça há muitos anos que plywood era MDF, mas vindo de vc a informaçãonem vou me dar ao trabalho de pesquisar, vou corrigir já, afinal é o Mestre Quito falando, hehe, grande abç !

      Excluir
  2. Outra coisa é que MDF não é a mesma coisa que aglomerado. A foto ali é de aglomerado. MDF tem muito naquelas caixinhas de artesanato, sabe? É muito melhor que aglomerado. Mas nunca toquei em nada feito de MDF. Devia ter comprado um corpo barato que vi uma vez a título de curiosidade. Fica pra próxima...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beleza, fica o registro então ! Um coisa é certa, MDF ou aglomerado, nenhum dos dois se presta para construir guitarras ! Abraços e obrigado pelo esclarecimento !

      Excluir
  3. Por favor. Poderia me ajudar com uma dúvida? Tenho uma Squier Bullet. Comprei no Canadá, em 2012. Todos dizem que a madeira desse tipo de guitarra é de compensado. Mas um luthier me falou que é Alder – levei para ele ajustar. A cor dela é sunburst. Dá para ver 3 emendas nitidamente. Lixei um pouco a parte do encaixe do braço. Vi que parece de madeira maciça mesmo. Existe outra coisa a fazer para ter certeza? Obrigado e Parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existiam Squiers feitas de compensado mas nas décadas de 80 e 90. Se a sua é de 2012 é pouco provável que o corpo seja de compensado. Pouco provável mesmo ! Só de vc ver emendas no corpo já indica que não é compensado. Abç !

      Excluir
    2. Man,

      Muito obrigado. Ia fazer uma besteira. Mas você tem razão: não é compensado. Abç!

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Seria uma Squier telecaster standard não ? Olha o peso médio de uma tele assim pode estar por volta de 3,5 kg e as balanças domésticas não têm muita precisão então isso não quer dizer muita coisa, as emendas também não, até em Fenders americanas é comum vermos corpos com 3 emendas, isso não afeta o som, o importante é sua guitarra estar bem regulada para ficar macia e com um bom timbre, se eu fosse vc desencanava dessas dúvidas !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. exatamente... e uma squier, Muito obrigado pelos esclarecimento,

      Excluir
  8. http://www.americanas.com.br/produto/7981400?DCSext.recom=RR_item_page.rr1-PersonalizedClickCPInCategory&nm_origem=rec_item_page.rr1-PersonalizedClickCPInCategory&nm_ranking_rec=2



    Parceiro tem como me dizer se essa guitarra e de qualidade pela foto?

    ResponderExcluir
  9. http://www.americanas.com.br/produto/7981400?DCSext.recom=RR_item_page.rr1-PersonalizedClickCPInCategory&nm_origem=rec_item_page.rr1-PersonalizedClickCPInCategory&nm_ranking_rec=2



    Parceiro tem como me dizer se essa guitarra e de qualidade pela foto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma guitarra simples mas adequada para quem está começando a tocar, se puder, leve-a em um Luthier para regulagem geral, isso melhora muito a tocabilidade e qualidade do som do instrumento

      Excluir
  10. Amigo, e se na minha cidade não tiver um luthier? tipo faz uma diferença muito grande?

    Porque so tenho 11 anos entao dificulta um pouco as coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz sim, caso não encontre um Luthier, algum guitarrista experiente pode ajuda-lo

      Excluir