quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Guitarra bonita, boa e barata ?! Sim, existe ! (Comprando uma guitarra Parte III)

No post anterior da série, vimos que é mais vantajoso para um principiante optar por um modelo de entrada, uma guitarra mais barata porém adequada para quem está começando.

Guitarras Chinesas


Nesse ponto, temos que analisar o fenômeno das guitarras fabricadas na China. De fato, na atualidade, guitarra barata é sinônimo de guitarra chinesa. O que aconteceu ? São boas ? vale a pena comprá-las ? Existe diferença entre elas ? Bem, o que vamos falar aqui também se aplica a guitarras em outros países da ásia, como Coréia, Indonésia, etc.

Bem, com as profundas mudanças políticas e econômicas que aconteceram na China a partir do final dos anos 90, fizeram com que  setores indústrias que dependiam de mão de obra intensiva se desenvolvessem naquele país.  As primeiras guitarras chinesas que chegaram no Brasil eram muito ruins, com corpo de compensado, ferragens horrorosas e não raro, defeitos graves de projeto e fabricação. Mas se tem uma coisa que sabemos sobre os orientais é que eles aprendem rápido...

Máquinas CNC na fabricação de guitarras 


Duas coisas muito contribuíram para a melhora da qualidade das guitarras chinesas . A primeira foi a utilização de máquinas CNC na fabricação de guitarras. O que são máquinas CNC ? A sigla quer dizer "Controle Numérico Computadorizado". Na verdade são quase robôs que conseguem esculpir na madeira os corpos e braços das guitarras tendo na memória uma imagem 3D dessas peças. Por incrível que pareça, essas máquinas não tão caras assim e com sua utilização, praticamente acaba a possibilidade de erros de projeto e fabricação.

Vamos ver o vídeo de um equipamento CNC esculpindo o corpo de guitarra ?



Sinistro, não ?!

A segunda coisa que melhorou a qualidade das guitarras chinesas foi a disponibilidade de boas madeiras. Por que isso aconteceu ? Praticamente quase toda indústria moveleira mundial se transferiu para a China, a reboque disso, quase toda a produção mundial de madeira também foi direcionada para  esse país e a indústria de instrumentos musicais tirou proveito disso.


Falsos mitos sobre guitarras chinesas


Muitos ainda tem uma visão errada sobre guitarras xing-ling ordinárias. Evidentemente, dependendo da faixa de preço, vamos encontrar instrumento ruins mas existem instrumentos de altíssima qualidade fabricados na China. vamos analisar alguns pontos:


  • Falsificações: fuja delas ! De fato, existem muitos sites chineses que oferecem falsificações com os nomes de Fender, Gibson e outros no headstock. Em primeiro lugar, falsificação é crime e dá cadeia. Depois, você não tem a menor certeza do que vai receber, sei de casos de guitarras falsas que nem tensor tinham ! Se seu vizinho comprou uma guitarra falsa e veio um instrumento muito bom, você pode comprar no mesmo site e vir uma porcaria, aliás, você não tem nem mesmo certeza de que vai receber algo, enfim fria total !
  • Ruim hoje, boa amanhã: um importador brasileiro encomenda um lote de guitarras chinesas e manda colocar o seu logo no headstock. Possivelmente, ele vai negociar com um exportador chinês que, por sua vez vai terceirizar essa encomenda para uma ou mais indústrias que também têm suas cadeias de terceirização. A coisa é muito dinâmica, com indústrias abrindo, fechando e sendo vendidas o tempo todo. Quando esse mesmo importador, após alguns meses, encomendar um novo lote, pode ser que esse lote seja fabricada por outra indústria bem diferente, então não dá para dizer que tal marca é ruim ou é boa, tudo muda com o passar do tempo e a tendência é a melhora de qualidade.
  • Grifes: hoje, com exceção da Gibson, quase todas as marcas possuem linhas de instrumentos  chineses, inclusive a Fender, que lançou recentemente a linha "Modern Player", que é fabricada na China e tem excelente qualidade. Aliás, a Fender já tinha a linha "Lite Ash" que era coreana. Temos que ressaltar também que a Squier, segunda linha da Fender e também fabricada na China, tem guitarras de alta qualidade nas suas linhas "Standard", "Classic Vibe", "Vintage Modified" e "DeLuxe". Outras marcas como PRS e Brian Moore, associadas a instrumentos de alta qualidade também têm seus modelos chineses, então, viva as chinesas !



E o que procurar em uma guitarra para iniciantes ?

Agora que perdemos um pouco o medo das guitarras chinesas, vamos listar o que é mais importante pesquisar quando estamos comprando uma guitarra para iniciantes:

  • Corpo feito com madeira de verdade e não com compensado e aglomerados.
  • Braço extremamente bem feito e confortável
  • Uma guitarra que não precise de upgrades (troca de peças), pelo menos em um primeiro momento

No próximo post da série, vou explicar melhor os pontos acima, ate lá e abraços !



9 comentários:

  1. Vc acha q era uma boa eu comprar uma Esquier Affinity telecaster ?

    seria a minha 2° Guitarra nunca experimentei, mas com certeza vou experimentar antes de comprar, mas enfim vc q deve ter uma experiencia melhor, ela tem um bom custo beneficio, ou existe outra q seja melhor?

    estou decidido em um Telecaster e mais vintage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não acho uma boa Thiago, sugiro vc olhar o post onde eu recomendo 10 modelos de guitarras para iniciantes, lá tem várias guitarras ótimas pelo mesmo preço da Squier Affinity. Abç

      Excluir
  2. Mas é porque eu vou viajar para o paraguaí la custa 200 dólares, mais ou menos 400 reais.

    oq vc acha dela por esse preço ? ou é melhor eu correr atras mesmo de outro modelo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não é que a guitarra seja ruim e sim que existem outras com custo/benefício melhor. Se é para ser a sua 2a guitarra, recomendaria que vc aproveitasse a viagem e tentasse pegar uma Squier da linha Standard ou da linha Vintage Modified, são um pouco mais caras porém são guitarras com qualidade profissional. Mas a decisão é sua certo ? abç.

      Excluir
  3. Ola tudo bem? Cara obrigada e parabéns pelas postagens. Preciso de uma ajuda, comprei uma guitarra Kashima de 2ª mão, gostei dela, mas preciso saber se é boa. Tipo ja toco violão, to começando na guitarra agora, e tipo ela apareceu e ta barata, então comprei! Eai, o que acha? ah e meus estilos preferidos de música pra tocar é rock, mpb, clássica. Meu nome é Larissa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Larissa, vc não informa o modelo da sua guitarra mas a Kashima é uma marca que produz instrumentos mais simples, no entanto, adequados para quem está começando. O importante é que sua guitarra esteja bem regulada, isso melhora muito a tocabilidade, conforto e o próprio som do instrumento, então, se na sua cidade tiver um Luthier experiente, leve sua guitarra para uma regulagem, vai melhorar bastante !

      Excluir
  4. Olá!!

    Seus posts são ótimos e tem me ajudado bastante. Bom, já usei uma Tagima Memphis MG 32, Samick Artist Series e Cort X11 e tô querendo comprar agora uma Tagima Arrow 2, o que vc acha dessa guitarra? Já toquei nela apenas uma vez e gostei, porém tenho dúvidas devido ao captador e ao braço escalopado, que para solos é bom mas para acordes dependendo da pressão ode desafinar, o que vc acha?

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  5. Olha, é uma guitarra de preço intermediário (uns 2k) e feita no Brasil com madeiras brasileiras, eu particularmente não compraria, nunca toquei nela, acredito que seja algo próxima a uma X11, recomendaria vc testar também os modelos semelhantes da LTD e Jackson antes, muita gente anda comprando essa guitarra porque gostam do Juninho Afram mas é sempre bom comparar com outras antes de comprar, abç !

    ResponderExcluir